Felipe Samurai

Fotógrafo documental, Felipe Samurai nasceu em Guarulhos em 1987 e reside em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. Dedica-se à fotografia desde 2011.

Formado pela Escola Vanguardista de Arte, foi membro do núcleo de fotografia na Oficina Cultural Altino Bondesan e membro do Fotoclube Câmera e Luz, em São José dos Campos/SP. Participou do workshop Como ler suas próprias fotografias – A construção de imagens como percurso autoral, com a pesquisadora e antropóloga Georgia Quintas, no Madalena Centro de Estudo da Imagem. No festival internacional de fotografia Paraty em Foco participou do workshop “A construção de projetos documentais, com Guy Veloso. Registrou eventos culturais como a Virada Cultural Paulista, pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo, e Revelando São Paulo. Em 2019, foi contemplado no Proac Editais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo com Mudanças de um Contorno, um projeto documental da construção de um trecho da rodovia dos Tamoios, o Contorno. Em 2020, o projeto O Retrato da Comunidade foi aprovado no Edital de fomento pela Lei Aldir Blanc da Secretaria de Cultura de Ilhabela. Atualmente, Felipe dedica-se à pesquisa e a projetos de fotografia documental no litoral norte de São Paulo.

Exposições individuais

2021 – Mudanças de um Contorno – Caraguatatuba/SP – ProAc Editais

2020 – Mudanças de um Contorno – São Sebastião/SP (edição virtual) – ProAc Editais

2013 – A Beleza do Camaroeiro – Fundação Cultural de Caraguatatuba/SP

2013 – A Beleza do Camaroeiro – Casa de Cultura Flávio Craveiro – S. J. Campos/SP 

2012 – Anciões – Casa de Cultura Flávio Craveiro – S. J. Campos/SP 

2012 – As Orquídeas do Jardim – S. J. Campos/SP 

Exposições coletivas e festivais 

2021 – Máscaras do Olhar – Festival Roda Cultura Vale do Paraíba (edição virtual)

2021 – Projeção e exposição lambe-lambes – Festival de Imagens Periféricas / SP

2020 – Máscaras do Olhar – Por dentro de um tempo suspenso – Festival Foto em Pauta

2020 – Máscaras do Olhar – Semana da Arte de Ilhabela/SP (edição virtual)

2016 – O Homem e o Mar – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba/SP (MACC)              

2015 – O Homem e o Mar – Fundação Cultural de Caraguatatuba/SP 

2014 – São José, interior – Galeria Koy – S. J. Campos/SP 

2013 – Folclore – Universidade do Vale do Paraíba – S. J. Campos/SP 

2012 – Sinais Luminosos – Oficina Cultural Altino Bondesan – S. J.Campos/SP

VERSÃO INGLÊS

Documentary photographer, Felipe Samurai was born in Guarulhos in 1987 and now lives in Ilhabela, on the North Coast of São Paulo. He has devoted himself to photography since 2011. Graduated from the Escola Vanguardista de Arte (Vanguardist School of Art), he was a member of the Altino Bondensan Culture Photography Center and also a member of the Foto Clube Câmera e Luz, in São José dos Campos. He took part in the “How to read your own pictures – The image assembling as a writer’s journey” workshop, with the anthropologist and researcher Georgia Quintas, at the Madalena Centro de Estudo e Imagem.

At the Paraty Photo Festival, he collaborated in Guy Veloso’s “The making of documentary projects” workshop. He has captured several cultural events, such as the Virada Cultural Paulista, for the Cultural Foundation Cassiano Ricardo and the Revelando São Paulo. In 2019, he was contemplated by the Proac Public Notices from the Culture Department and Creative Economy of the State of São Paulo Government with Mudanças de um Contorno (Changes of an Outline), a documental project about the construction of the Tamoios Highway excerpt:

The contorno. In 2020, his project the portrait of the community was approved at the public notice of promotion by the Aldir Blanc Law of the Culture Department of Ilhabela. Currently, he is a researcher and dedicates himself to documentary photography projects at the North

Coast of São Paulo.

Exposições individuais | Individual exhibitions

2021 – Mudanças de um Contorno | Changes of an Outline – Caraguatatuba/SP – Proac

2020 – Mudanças de um Contorno | Changes of an Outline – edição virtual | virtual edition – Proac

2013 – A Beleza do Camaroeiro | The Beauty of the Shrimper – Fundação Cultural de Caraguatatuba/SP | Cultural Foundation of Caraguatatuba/SP

2013 – A Beleza do Camaroeiro | The Beauty of the Shrimper – Casa de Cultura Flávio Craveiro | Flávio Craveiro House of Culture – S. J. dos Campos/SP

2012 – Anciões | Elders – Casa de Cultura Flávio Craveiro | Flávio Craveiro House of Culture – S. J. dos Campos/SP

2012 – As orquídeas do Jardim | The Garden Orchids – S. J. dos Campos/SP

Exposições coletivas e festivais | Group exhibitions and festivals

2021 – Máscaras do Olhar | The Masks of the Look – Festival Roda Cultura Vale do Paraíba (edição virtual) | Roda Cultura Vale do Paraíba Festival (virtual edition)

2021 – Projeção e exposição lambe-lambes |Wheatposters exhibition – Festival de Imagens Periféricas/SP | Imagens Periféricas Festival/SP

2020 – Máscaras do Olhar | The Masks of the Look – Por dentro de um tempo suspenso – Festival Foto em Pauta | Inside a suspended time – Foto em Pauta Festival

2020 – Máscaras do Olhar | The Masks of the Look – Semana da Arte de Ilhabela/SP (edição virtual) | Ilhabela Art Week/SP (virtual edition)

2016 – O Homem e o Mar | The Man and the Sea – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba/SP (MACC) | MACC – Museum of Art and Culture of Caraguatatuba/SP

2015 – O Homem e o Mar | The Man and the Sea – Fundação Cultural de Caraguatatuba/SP | Cultural Foundation of Caraguatatuba/SP

2014 – São José, interior | St Joseph, the inside – Galeria Koy | Koy Gallery – S. J. dos Campos/SP

2013 – Folclore | Folklore – Universidade do Vale do Paraíba | Vale do Paraíba University – S. J. dos Campos/SP

2012 – Sinais Luminosos | Light Signals – Oficina Cultural Altino Bondesan – S. J. dos Campos/SP